Iniciativa da UCPel e Associação dos Aposentados e Pensionistas de Pelotas promove inclusão digital

A Universidade Católica de Pelotas (UCPel), junto com a Associação Beneficente dos Aposentados e Pensionistas de Pelotas (ABAPP), promove a segunda edição do curso Cibercultura +50, cujo objetivo é integrar os alunos ao mundo da tecnologia. As aulas do projeto de extensão, realizadas no Laboratório de Informática da UCPel, são ministradas voluntariamente por alunos da primeira edição do curso e têm auxílio de acadêmicas do curso de Jornalismo. 
O projeto foi iniciado em setembro deste ano. Atualmente há duas turmas com aulas semanais, às terças e sextas-feiras. As atividades estão previstas para ocorrer até a metade do mês de dezembro. O curso prioriza o ensino básico de digitação e navegação na internet, de forma que os participantes desejem estar sempre buscando mais informações e praticando a todo o instante, além de ocorrer também a passagem de conhecimentos entre os colegas. Temas relacionados ao uso de dispositivos computacionais (computadores, tablets ou smartphones) e de aplicações e serviços de computação oferecidos na web fazem parte da agenda de estudos e experimentações.
Neste semestre dois grupos foram organizados. Sob a liderança da associada Gelci Vieira, os encontros ocorrem toda a terça-feira. Na sexta-feira o segundo grupo é liderado pelo associado Paulo Rogério da Silva. As estudantes de graduação da UCPel, Marina Neutzling e Martina Coelho, participam do projeto na condição de bolsistas de extensão. 

foto da notícia

Deixe uma resposta